Cold Bruer – A simplicidade da Chemex no café gelado

Barista

Menos quer dizer mais. Esse é o segredo da Cold Bruer, um novo método de preparo para cafés gelados. Segundo Andy Clark e Gabe Herz, criadores do produto, sua simplicidade foi inspirada na Chemex e é o que o diferencia dos demais utensílios para fazer a bebida gelada. Com capacidade de até três canecas, os sistema possui três partes: para o líquido, para o café e a de coleta do resultado final.

“A água pinga lentamente de sua câmara até a do pó, o saturando. Assim que os grãos estão saturados, o café cai no bule. É um processo lento e que pode demorar de 3 a 12 horas”. A variação do tempo depende da taxa de pingos que você mesmo pode escolher e que, segundo os criadores, garante um sabor delicioso. Parte do mérito também pode ser atribuído ao modo de filtragem, que utiliza os mesmo filtros da Aeropress.

Seus criadores atribuem a invenção ao fato de, após descobrirem as delícias do café gelado, achavam os métodos disponíveis não tão práticos. O projeto do Cold Bruer ainda está em fase inicial, eles estão arrecadando verba para a produção no site Kickstarter. Nós do Mexido de Ideis, ficamos na torcida para que dê certo e, claro, que chegue ao Brasil.

Quer saber como funciona na prática? Confira o vídeo abaixo, em inglês.

E, que viva o café gelado!

Escrito por Kelly Stein em Barista