AS FORMAS DE SE PREPARAR UM BOM CAFÉ

Curiosidades, Técnicas de preparo

O Brasil é o país do café. Duvida? Os dados comprovam: segundo pesquisas, a bebida é a segunda mais consumida no país, perdendo apenas para a água. E a estimativa é que os números cresçam ainda mais. No ano passado, a ABIC (Associação Brasileira da Indústria de Café) estimou o aumento de 3% a 3,5% do produto.

Por outro lado, quando o assunto é o jeito que o brasileiro prepara a sua bebida favorita, a história muda. Não há nada convicto, nem ao menos o que é certo ou o que é errado. Só sabemos que existem várias maneiras de fazer o cafezinho de cada dia. E nós iremos te falar algumas delas:

  1. COADOS

Apesar de vivermos em uma era digital, os brasileiros ainda amam “passar um cafezinho”. O coado é o método preferido, representando 90% do consumo nas xícaras brasileiras. O sabor desse café é menos intenso comparado ao espresso. Porém, tudo depende do tipo de grão e da quantidade de água que é utilizada no preparo.

  • TIPOS DE COADO:

Hario V60:

Este filtro possui uma estrutura diferenciada dos demais. Sua parte interna possui linhas espirais que facilitam a expansão do pó de café no momento em que a bebida é coada.

Você pode saber mais sobre o método no link.

Coador de pano:

O queridinho de muitas casas brasileiras. O coador de pano deixa o café mais encorpado, pois os seus poros são mais abertos que os filtros de papel. Apesar de poder ser reutilizado, seu prazo de validade é de um mês.

Filtro tradicional:

O filtro de papel é um dos mais práticos e rápidos. Ele foi inventado em 1908, na Alemanha. O método deixa a bebida limpa, sem resíduos e menos encorpada. Na hora do preparo, opte pelo pó de moagem fina.

 

  1. PRESSÃO/VÁCUO

Por mais que o hábito de tomar café seja secular, existem maneiras modernas de prepará-lo. Os novos equipamentos foram desenvolvidos para extrair o melhor que os grãos podem oferecer. Conheça alguns deles:

– Máquina de espresso automática (caseira)

Populares nos estabelecimentos, as máquinas de espresso automáticas, também conhecidas como cafeteiras automáticas, estão chegando nas casas. Cada uma delas possui uma tecnologia diferente. A Três, por exemplo, usa o sistema de cápsulas, que permite saborear uma bebida deliciosa e quentinha em apenas alguns minutos.

– Cafeteira italiana

A cafeteira italiana gera um café intenso. Ao colocá-la no fogo, a água sofre pressão, passa pelo pó de café e resulta em uma bebida bem encorpada, semelhante ao espresso.

Uma curiosidade bastante interessante é que o seu design é o mesmo desde 1933, ano de sua criação.

– Aeropress

É uma máquina criada em 2005. O método de preparo se assemelha a uma injeção. Por ser versátil, ela atende qualquer tipo de moagem.

O Aeropress gera uma bebida semelhante ao espresso, ou seja: intensa.

São muitos os métodos, mas o que vale é saborear, seja no café da manhã ou após o jantar, um delicioso café. Escolha o método que mais te agrada e aproveite.

Escrito por Admin Mexido em coffeelover, Curiosidades, Métodos de preparo, Técnicas de preparo