Como a tecnologia interfere na qualidade do café?

Negócios

Nossa paixão por café sempre nos leva a lugares incríveis. Dessa vez, o Mexido de Ideias teve a oportunidade de visitar a Fazenda Santa Monica, localizada em Machado, região sul de Minas Gerais, e especializada no cultivo de café gourmet.

fazenda-santa-monica

E qual o segredo para produzir um café gourmet? Segundo Arthur Moscofian Jr., proprietário da Santa Monica, a tecnologia utilizada é o que produz uma bebida de qualidade. Ele afirma que já chegou a colher 80% de café gourmet em sua produção – um número bastante expressivo.

Mas o que é preciso para chegar lá?

Entre as tecnologias utilizadas por lá está a colheita automatizada. Durante esse processo, o café é colhido por máquinas enormes que chacoalham o cafeeiro por inteiro, fazendo com que os grãos caiam.

Outro destaque que ajuda a garantir a qualidade do grão e otimizar o processo do cultivo é a fertirrigação, que mistura o processo de fertilização com a irrigação. O objetivo é oferecer água e nutrientes para todos os sete setores da fazenda de forma automatizada.

Outras melhorias estão previstas, como no processo de secagem de café. Ao invés do já usual pátio de secagem, no novo método o grão será colocado em caixas com espaço para passagem de ar. Assim, eles serão secos por meio da ação do vento e o tempo será maior.

A utilização de uma máquina de seleção de café por cor – separando automaticamente o café verde dos avermelhados – também deve ser implantada em breve.

Como sempre lembramos aqui, misturar café e tecnologia só traz benefícios aos apaixonados por café. O resultado? Uma xícara cheia de sabor!

Por: Monalisa Briganti

Foto: Fernando Siqueira

Escrito por Mexido de Ideias em Negócios