Indústria

Tecnologia e produtividade na cafeicultura de Rondônia

Nos últimos cinco anos, a cafeicultura de Rondônia tem se transformado graças ao emprego de novas tecnologias.

De acordo com as estimativas da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), a produtividade de 2017 pode ser 100% maior que em 2012, mantendo o estado como o quinto maior produtor de café do Brasil.

Os cuidados dos produtores na colheita e na pós-colheita (além das pesquisas desenvolvidas para produzir café com cada vez mais qualidade) têm ajudado nessa transformação. Processos como a colheita mecanizada e semimecanizada (com o uso 100% ou parcial de máquinas, respectivamente) e os novos sistemas de processamento e secagem natural já estão sendo testados.

Além disso, há uma lista de boas práticas que podem ser adotadas pelos cafeicultores para melhor produtividade e qualidade cafeeira. Planejar a colheita verificando instalações, equipamentos, materiais e pessoal necessário, evitar amontoar ou deixar o café secar na lavoura e manter as plantas daninhas controladas estão entre as recomendações.

Para saber mais, acesse o site da Embrapa Rondônia. Aproveite para conhecer melhor sobre a importância da tecnologia na qualidade do café e sobre a nova tecnologia para a poda do café arábica.

 

Escrito por Mexido de Ideias em Indústria

Comente