Cafeína e performance: Principais benefícios

Como adoramos contar por aqui, são muitos os benefícios à saúde do nosso grão predileto. E caso você também seja um amante da prática esportiva, as vantagens do consumo da cafeína são ainda maiores.

cafeina-performance-principais-beneficios

Quando falamos em performance esportiva, a melhora no desempenho acontece por conta da ação da cafeína no sistema nervoso – que ajuda a aumentar a concentração e o foco nos treinos e competições. A fadiga também faz parte da rotina de um atleta, e o grão aparece aí como um auxiliar na diminuição da percepção de dor, aumentando a tolerância a maiores esforços.

Uma xícara cafeinada também potencializa a contração muscular (liberando mais cálcio ao músculo) e ainda pode ajudar a poupar carboidratos. A gente explica: Durante o exercício, liberamos alguns hormônios. Quando eles se encontram com a cafeína, essa dupla ajuda na quebra das gorduras – que passam a ser fonte de energia no lugar dos carboidratos.

E tem mais! Os radicais livres, que têm sua produção acentuada durante as atividades físicas, podem levar ao envelhecimento precoce quando produzidos em excesso. Mas os antioxidantes presentes na cafeína entram em ação e ajudam a neutralizar o efeito prejudicial desses compostos no organismo.

É importante lembrar

Por conta de seu efeito estimulante, a cafeína em excesso pode ser considerada dopping pelo Comitê Olímpico Internacional (COI). A presença dela no corpo é avaliada através do exame de urina. O limite estabelecido é de 12 μg/ml de cafeína na urina, o que equivale à 9 xícaras do grão expresso (60 ml) ou coado (200 ml), quando consideramos um adulto de 70 kg.

Viu só como a cafeína é uma boa aliada dos atletas, desde que consumida com moderação? Uma bela xícara entre 30 e 60 minutos antes da atividade física pode trazer ótimos resultados. Além de simples, é muito saboroso.

Por: Monalisa Briganti

Escrito por Mexido de Ideias em Saúde