Viveiros de Mudas de Café

São nos viveiros de mudas de café que tudo começa! O destino de uma safra pode depender, entre outros fatores, da escolha de plantas de qualidade. Por ser uma cultura perene (que deve ser produtiva por pelo menos 25 anos), a qualidade das sementes é de extrema importância. A falta de cuidado neste estágio inicial da lavoura pode representar sérios prejuízos ao cafeicultor. Muitas plantas apresentam bom aspecto exterior, por exemplo, mas carregam em si problemas que se manifestarão somente no futuro. Para evitar que isso aconteça, recomenda-se utilizar mudas de viveiros idôneos.

viveiroHOME   Viveiros de Mudas de Café

Podemos afirmar que existem sistemas sofisticados para a produção de mudas como o viveiro de tubetes, como também os mais simples: produção em saquinhos de polietilieno (10 x 20 cm), que requer uma estrutura menor.

O modo mais utilizado é a formação de mudas em saquinhos plásticos com furos da metade para baixo. Estes sacos são preenchidos com um substrato para a formação de mudas de café. Seguem alguns exemplos desse substrato:
* 75 % de sub-solo (argiloso) + 25% de vermicomposto;
*60% de sub-solo (argiloso) + 40% de esterco bovino curtido ou
*75 % de sub-solo (argiloso) + 25% de vermicomposto.

Duas sementes são colocadas nos saquinhos entre os meses de abril e julho. Após 45 dias, a muda que apresentar melhor crescimento permanece no viveiro e as demais são descartadas. Durante os meses de cultivo, o berçário de mudas exige cuidados com a irrigação, manejo de pragas e de doença e tratos com fertilizantes. Depois deste processo, elas já estão preparadas para o plantio. Cada uma deve apresentar 3 pares de folha e sistema radicular preparado.

Caso lhe interesse, o livro Curso Produção de Mudas de Café em Saquinhos e Tubetes ensina todos os passos para construir seu próprio viveiro. Eu até encontrei um vídeo bacana que introduz o assunto para os iniciantes. Obviamente que a orientação de um engenheiro agrônomo é sempre recomendável, principalmente para aqueles que não têm muita experiência em lavouras.

Independente do sistema adotado para cultivar a muda, a importância da qualidade das sementes é inegável! Por isso, alguns pontos devem ser respeitados em sua escolha. As sementes destinadas à produção de mudas devem vir de agricultores idôneos e que são registrados na Secretaria Estadual de Agricultura. As sementes destinadas a produção de mudas devem ser retiradas de plantas matrizes (cafeeiros) sem irregularidades, sem atraso de produção, que tenham ótima produtividade, resistência a pragas e doenças, maturação uniforme e que tenham características especiais de bebida.

Você sabe qual a diferença entre semente e grão de café?
Na realidade, a mesma semente de café irá originar o grão de café. Isso depende do modo de colheita e dos cuidados pós-colheita. Para a formação de semente, alguns frutos maduros são coletados e são lavados, despolpados e secos até ficarem com umidade entre 15 a 20%.

Imagem: MF Rural.

Escrito por em Mundo do Café

Tags: , , , , , ,

Deixe seu comentário

Rosa Angela de Faria:

Nematóides praga que a raiz dos vegetais

« Voltar



Receitas


Receba nossos posts por email!

SEU EMAIL:





Histórias em xícaras

Queremos conhecer a sua xícara e contar sua história. Participe do nosso museu!

Envie sua foto
Sobre o Mexido

Um cantinho gostoso para tomar um bom café e testar uma boa receita. É isso que o Mexido de Ideias quer oferecer para seus leitores. Em nosso cardápio, temos informações expressas para quem não tem tempo; cappuccinos de curiosidades para amantes da bebida e muita troca de experiências para aqueles que dispõem de tempo para saborear uma boa xícara de café e ver a hora passar.

Conheça toda a equipe
Arquivo de posts