Kahva Coffee Maker – Uma soma de Moka com Globinho

Barista

Se somarmos alguns traços da cafeteria italiana com outros da Globinho, o resultado seria algo parecido com a Kahva Coffee Maker. O método, criado pela designer Lina Fischer, utiliza o conceito de elevação da água de um recipiente inferior para um superior da Moka. E, assim como o segundo utensílio, usa o vácuo para trazer o líquido de cima para baixo, em forma de um saboroso café.

A Kahva já vem com uma estação de calor que é encaixada embaixo da cafeteira. Assim que é aquecida, a pressão e temperatura da água fazem com que ela suba para o recipiente de metal que armazena o pó. Ali, o líquido se junta ao sólido. Após a infusão, basta retirar a fonte de aquecimento para que o mix volte para a parte de baixo, passando pelo filtro e se tornando uma xícara limpa. O legal é que, para servir, basta virar o método como se fosse uma jarra.

Infelizmente, a Kahva ainda é um conceito e não é fabricada para uso. Uma pena pois, com esse design e praticidade, já teríamos uma dessas em casa.

Por: Lucas Tavares

Escrito por Mexido de Ideias em Barista