Oferecido por

Você sabe como surgiu o filtro de café?

Quem diria que o filtro de papel (tão popular nos lares brasileiros até hoje) foi resultado do descontentamento de uma dona de casa há mais de 100 anos?! Pois é. A senhora M. Bentz não se adaptava aos coadores de pano e teve uma ideia brilhante: pegou uma caneca de latão com o fundo perfurado e a cobriu com um pedaço de papel para reter a borra do café. O processo deu tão...

Quem diria que o filtro de papel (tão popular nos lares brasileiros até hoje) foi resultado do descontentamento de uma dona de casa há mais de 100 anos?! Pois é. A senhora M. Bentz não se adaptava aos coadores de pano e teve uma ideia brilhante: pegou uma caneca de latão com o fundo perfurado e a cobriu com um pedaço de papel para reter a borra do café.

O processo deu tão certo que ela chegou a vender mil porta filtros durante uma feira de amostras na cidade de Leipzig, Alemanha. O invento, criado em 1908, tornou-se popular e até foi exportado anos depois (em 1929).

Uma boa ideia de uma pessoa simples. Quem sabe você não é a próxima pessoa comum a apresentar algo inovador e revolucionário?!

5 respostas para “Você sabe como surgiu o filtro de café?”

  1. gisele disse:

    a historia e boa

  2. Alexandre disse:

    Olà! Gostaria de saber qual é o tipo
    (nome, modelo) do filtro de café e onde posso encontra?
    Preciso fazer um trabalho e esse papel é ideal para o que eu quero fazer

    • mexidodeideias disse:

      Oi Alexandre,

      Obrigado pela visita! O filtro de papel tradicional é encontrado em qualquer supermercado.

      Atenciosamente,
      Equipe Mexido de Ideias

  3. Lívia Leite disse:

    Olá, gostaria de saber qual o tipo de papel usado para fazer o filtro de café. não queria ele em formato de coador, e sim de uma folha. Preciso fazer um trabalho e esse tipo de papel é essencial para que dê certo, pois é resistente a água. Vou fazer um copo feito de papel, e como sulfite se dissolve com a água, preciso de um papel que não se dissolva com a água. Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *