Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso site. Você pode saber mais sobre isso em nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

CONTINUAR E FECHAR
Oferecido por

Café dentro da Casa Cor Trio 2010

Conferimos as dicas dadas por especialistas sobre o preparo de café na Casa Cor Trio 2010, confira!

Aula sobre café em um evento de decoração? Sim! E melhor: com a jornalista especialista no assunto Giuliana Bastos e a barista premiada do Octávio Café, Cecília Sanada. O encontro aconteceu no Casa Cor Trio, que reúne em um único espaço as últimas tendências em arquitetura, gastronomia, estilo de vida, bem-estar, tecnologia do lar, produtos culinários, bebidas, acessórios. Dentro deste grande evento, a parte que mais nos interessa é o Casa Boa Mesa e suas diversas atrações gastronômicas, que são de dar água na boca. E nós do Mexido de Ideias estávamos lá, marcando presença!

Nossa missão era a palestra sobre cafés. Em companhia de Cecília Sanada, Giuliana levou os presentes para uma viagem de aromas, cores e sabores. Ensinou os princípios básicos de como degustar o café e identificar suas características naturais. Aproveitou também para explicar que cada passo da produção e serviço do café pode influenciar muito na qualidade da bebida. Assuntos como classificação dos grãos, termos técnicos e os diferentes tipos de café (gourmet, tradicional, especial, etc) também foram tratados durante a palestra.

Instruções de Giuliana Bastos são fielmente seguidas pelos seus “pupilos” temporários. Ao lado, itens utilizados na formação de profissionais do café no “treino” do olfato.

Quando indagada sobre o melhor tipo de café, sua resposta foi categórica. “Café bom mesmo é aquele que atende suas preferências pessoais. Tem gente que o prefere um pouco mais amargo, outros que preferem com sabor que lembre baunilha, e assim sucessivamente”, explica. A estudiosa do café, que lançou o livro Dicionário Gastronômico Café com suas Receitas, da Editora Boccato/Gaia, afirma que existem os diferentes tipos de café têm seus respectivos públicos. “Um café bom é gostoso até frio. Já o café ruim fica intragável depois que esfria”, completa. Já a barista Cecília frisou a importância do café ser sempre fresco. “Quando o café é requentado, ele é cozido duas vezes e isso altera o sabor completamente”, explica.

Agora imagine toda esta troca de experiências e informações em um ambiente lindo e tomado pelo perfume de café fresco. Ahhh…quem não foi, perdeu!

Mas ainda dá tempo de aproveitar o calendário da Casa Boa Mesa, que vai até o dia 30/10/2010. O evento está recheado de chefs renomados e muita coisa boa para comer, beber e aprender.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *