Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso site. Você pode saber mais sobre isso em nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

CONTINUAR E FECHAR
Oferecido por

Salada de abacate

Durante a visita dos amigos estrangeiros, preparei o abacate batido com leite e açúcar para a sobremesa, mas eles conheciam o abacate somente em forma de salada.

Ainda estamos em plena safra do abacate. Lembro que na minha infância, minha mãe cortava a fruta ao meio, tirava o caroço e colocava açúcar. Assim consumíamos a sobremesa na própria casca, que raspávamos com a colherinha até o último pedaço. Ou então, mamãe batia a polpa no liquidificador, algumas vezes com leite e açúcar e outras com limão e açúcar. Mas gostava mesmo era de comer na casca, até colocava umas gotinhas de limão por cima.

No final dos anos 70, recebi um casal de amigos uruguaios para o almoço na fazenda de meu marido em Araras. Naquela época, uma profusão dos frutos rodeava o abacateiro sem que precisássemos alçar vôo para apanhar a fruta (ela só amadurece depois que cai do pé). Já que a árvore pode alcançar até 40 metros de altura, seria então uma providência divina? Durante a visita dos amigos estrangeiros, preparei o abacate batido com leite e açúcar para a sobremesa. Nossos convidados nunca tinham consumido o abacate dessa maneira! No Uruguai, segundo eles, era consumido de forma salgada como salada.

Nessa época, a comida mexicana ainda não havia se proliferado nas mesas brasileiras e o guacamole ainda era desconhecido para a maioria. A fruta, originária da América Central e México, parece que só chegou ao Brasil no século XIX. Nossas origens portuguesas devem ter falado bem alto para enchê-la de açúcar. Ela veio para ficar. É comum encontramos abacateiro em algumas ruas de São Paulo como nos arredores do Parque do Ibirapuera. Quando vou caminhar nesta região durante o mês de abril, sempre me deparo com abacates pelo chão.

Essa forma de servir na salada é muito saborosa, hoje meu paladar adulto prefere a versão salgada. Experimentem essa receita! Ela certamente acrescentará um novo blend ao paladar.

Ingredientes

  • 1 abacate quase maduro cortado em cubos
  • 1 cebola roxa fatiada
  • Tomatinhos cereja a gosto
  • Coentros
  • ½ xícara de café 3 Corações tradicional preparado
  • ½ xícara de azeite de oliva
  • 1 limão siciliano
  • 1 colher de chá de wasabi ou Tabasco
  • Sal a gosto

Modo de Preparo

Comece preparando o molho: misture todos os ingredientes muito bem e reserve. Em seguida, prepare a salada: misture o abacate, a cebola e os tomatinhos para fazer. Coloque o molho por cima, salpique coentros e sirva.

Dica: O abacate deve estar firme. Corte-o por último para evitar que ele oxide.

Cultura

Avolatte: O café na casca de abacate

Receitas

Picolé de abacate com chá de hortelã

Sorvete-de-Abacate-com-cha-de-hortela

5 respostas para “Salada de abacate”

  1. silvia morelli disse:

    Huuuummmm, parece ótima essa salada… meninas, esse blog é TUDO na minha vida, rsrs. Vou pegar essa receita para fazer recheio de tortillas de trigo e servir mini wraps ;o)
    Beijocas
    Sil

  2. irismar disse:

    Ate pouco tempo so conhecia das duas forma que você citou mas quando tive a oportunidade prova numa salada com repolha e manga amei!!

    valeu por partilhar

    Uma boa semana

  3. irismar disse:

    Esqueci d reperguntar e quem não tem o wasabi ou Tabasco pode substituir por outra coisa? Tipo o que?

  4. maria disse:

    vixe…. vc bateu abacate, leite e açúcar?… sem limão??? vc não sabe o que é bom!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *