Faz bem ou mal? – Os estudos do café

Você já deve ter lido ou escutado que o café faz bem para o coração, ou que essa bebida é benéfica para o controle da pressão arterial. Mas, de onde essas informações vêm? Existem instituições dedicadas aos estudos do café e seus efeitos para a saúde de quem o consome. Organizações como o Instituto do Coração (INCOR) de São Paulo e o New England Journal of Medicine têm departamentos dedicados às pesquisas que tentam colocar um ponto final na dúvida: o grão faz bem ou mal?

O INCOR possui a Unidade de Pesquisa Café e Coração, responsável por um estudo recente sobre o tema. Ela mostra que, em doses moderadas e habituais, o grão não faz mal à saúde. Durante a pesquisa, pessoas saudáveis e com doenças coronárias não tomam café por 3 semanas. Depois, passam por uma bateria de exames. Segundo o site da Embrapa, alguns pacientes são selecionados para ingerir a bebida durante 4 semanas. Assim, os testes são refeitos e os efeitos analisados.

Os resultados? Aqueles que tomaram café não tiveram quase nenhuma alteração na pressão arterial. Eles também aguentaram mais tempo na esteira e apresentaram aumento nos níveis das gorduras ruins e boas. Ponto para o grão!

Com grande repercussão e respeito em toda a América, a New England Journal of Medicine é uma revista que se dedica a publicar estudos e pesquisas no campo médico. Recentemente, a publicação revelou que pacientes com câncer e habituados a beber café tinham mais longevidade, comparados com quem não ingeria a substância.

Para mais informações sobre pesquisa e estudos do INCOR, basta clicar aqui. Se ficou interessado em saber mais sobre o New England Journal, acesse este link. E, claro, devemos agradecer as duas instituições por desmistificarem o grão!

Por: Lucas Tavares

Escrito por Mexido de Ideias em Saúde