Estudo prova que café não causa desidratação

Por muito tempo se falava – entre outros tantos malefícios fictícios –, que o café era grande culpado pela desidratação de nosso corpo. Mas um novo estudo realizado na Inglaterra e conduzido pela estudante Sophie C. Killer prova que não é bem assim e quebra esta relação entre o grão e a perda de água no organismo.

Para fazer a pesquisa, Sophie queria replicar com o máximo de realismo as condições de um dia normal de um bebedor de café: um grupo de 50 homens foi divido em dois; um dos grupos recebeu doses de café diárias que correspondiam a sua massa corporal; o outro, água nas mesmas características. Eles também foram submetidos a uma mudança de dieta.

Após um curto espaço de tempo, o grupo trocou de bebida com o outro e o que tomava café, passou a beber água, e visse e versa. Durante todo esse período, amostras de sangue e urina foram coletadas de todos os participantes, permitindo a analise da desidratação que o café poderia causar no corpo – e, claro, para saber se não havia nenhum espertinho mudando as regras do estudo por conta própria.

Os resultados? Segundo o Sprudge, não houve alteração nos níveis de hidratação do corpo para nenhum dos grupos, com nenhuma das bebidas. Apesar de ser um teste preliminar e eliminar, por exemplo, o grupo feminino, já podemos dizer que o mito do café e da desidratação caiu.

“Bora” tomar um café?

Por: Lucas Tavares

Escrito por Mexido de Ideias em Saúde