Café diminui riscos de doenças relacionadas à obesidade

O mundo da ciência continua descobrindo mais benefícios do café para a nossa saúde! A novidade é um estudo realizado pela Universidade da Georgia, nos Estados Unidos. Os pesquisadores de lá afirmaram que substâncias presentes no grão podem diminuir o risco de doenças relacionadas à obesidade. Entre elas estão a resistência à insulina e o acúmulo de gordura no fígado.

De acordo com o site Medical Xpress, a tal substância “mágica” é o ácido clorogênico. Presente em larga escala no café e também em frutas como maçã, pera e tomate, ele é um importante antioxidante. A pesquisa mostrou que ele é capaz de manter os níveis de açúcar no sangue e a saúde do fígado mesmo em uma dieta hipercalórica.

Segundo o cientista Yongjie Ma, responsável pela descoberta, já se sabia que o café era capaz de reduzir os riscos de diabetes tipo 2 e de doenças cardiovasculares. Porém, até este resultado o grão nunca havia sido relacionado com a obesidade e ao ácido clorogênico ao mesmo tempo.

A resistência à insulina e o acúmulo de gordura são os principais agravadores da obesidade. Eles ainda causam diabetes e atrapalham o funcionamento do fígado. Mas atenção: Além do consumo do ácido clorogênico, o especialista ainda indica a prática de exercícios e uma dieta balanceada para reduzir de vez os males do sobrepeso.

Então a conclusão final é: Nada melhor do que aliar um bom café com uma vida cheia de estímulos saudáveis para fugir de doenças!

Por: Lucas Tavares

Escrito por Mexido de Ideias em Saúde