Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso site. Você pode saber mais sobre isso em nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

CONTINUAR E FECHAR
Oferecido por

Tipos de Café #1: Do Longo ao Ristretto

Aprenda as diferenças entre os tipos de café mais comuns no Brasil. Do longo ao ristretto, passando pela diferença entre o espresso brasileiro e o italiano

Os nomes variam e a gente se perde. Você sabe, por exemplo, a diferença entre um café americano e o carioca? O termo pode nos remeter aos Estados Unidos e ao Rio de Janeiro respectivamente, mas no fim, suas características são bem parecidas: ambos contam com a adição de água quente.

Pesquisamos e compilamos informações de especialistas para esclarecer as reais diferenças entre os tipos de café servidos. Neste post, focamos naqueles que servem a bebida pura, sem adição de outros ingredientes.

Café Curto
Café Curto

Café espresso de 25 a 35 ml na xícara de 50 ml. Ele é mais encorpado, pois o contato com a água durante sua extração é rápido e, por isso, seus óleos essenciais estão mais presentes.

Espresso
Café Expresso

É o café curto. Apresenta 25 a 35 ml na xícara de 50ml. É mais encorpado, pois o contato com a água durante sua extração é rápido e, por isso, seus óleos essenciais estão mais presentes.

Ristretto
Ristreto

É o espresso curtíssimo com 15 a 20 ml de volume e é servido na xícara de 50ml. É considerado o néctar do café e, por incrível que pareça, é extremamente doce se bem tirado.

Espresso Brasileiro
Expresso brasileiro

Apresenta 40 a 50 ml (xícara cheia). Ele é servido com mais café, pois a cultura brasileira está habituada com quantidade e não qualidade. Enquanto o Brasil tem o padrão de 50ml de espresso, outros países adotam no máximo 30ml de café para não perder ou enfraquecer a presença dos óleos essenciais.

Espresso Italiano
expresso italiano

Considerando a quantidade de café (25 a 35ml), ele se parece com o café curto e o espresso, mas, muitas vezes, a diferença está no blend. De acordo com a barista Cecília Sanada, ele é bem cremoso devido à mistura dos grãos robusta e arábica, o que resulta em um café com corpo mais aveludado.

Café Carioca
Café Carioca

Apresenta 25 a 35 ml de café (assim como o espresso e o curto), mas é diluído em 20ml de água quente.

Café Longo
Café longo

Xícara de 50ml cheia com café ou, em alguns casos, conta com a adição de água quente. Indicado para quem gosta de tomar muito café, mas não se importa muito com a qualidade. Lembrando que o néctar do café está nos primeiros 30mls.

Café Americano
Café Americano

Apresenta as mesmas características que o café carioca e longo: café diluído em água quente, podendo apresentar 50ml ou mais. Recebeu este nome, pois o consumidor norte-americano gosta de tomar bastante café, mas com sabor menos acentuado.

Cafezinho
cafezinho

Café coado que lembra infância. Geralmente é servido doce, mas isso não é uma regra. Trata-se de um café bem concentrado, que é filtrado e servido na xícara de 50ml. De acordo com a especialista em cafés, Cleia Junqueira, o nosso “cafezinho” é o mais concentrado do mundo.

“Chafé”
chafé

Gíria popular para definir um café com pouca concentração de pó, resultando em uma bebida mais fraca. Este termo geralmente é usado para denegrir um café mal feito.

Bebidas

Café Amaretto

Receitas

Brigadeiro Recheado com Creme de Avelã e Café

Receitas

Bolo Formigueiro com Glacê de Café

5.091 respostas para “Tipos de Café #1: Do Longo ao Ristretto”

  1. Fernando disse:

    Oi Kelly, adorei esse post explica de uma forma bem didática os parâmetros de um café espresso, muito legal !!!
    Parabéns…
    sucesso pra tí
    bjus

  2. cleia junqueira disse:

    Adorei os desenhos, Kelly! Ajuda muito para que as pessoas diferenciem o que é um ou outro.
    Parabéns!
    super beijo,

    Cleia Junqueira

  3. Muito Bom!

    Estou em Toronto agora e a cultura de café aqui segue a Americana, chafé com a única real importância na quantidade, tendo vezes que os próprios atendentes se espantam quando peço um Expresso "Mas é só isso, vai querer mesmo assim?"

    Aqui lutei para conseguir o café do jeito que gosto, pelo post, acredito que seja o nosso tradicional Cafezinho (sem açucar e um pouco mais forte do que os que costumava tomar na maioria dos lugares). Tive que comprar uma maquininha de fazer café individual e achar uma importadora, pena que não tinha o Três Corações Extra Forte, apenas o tradicional.

    Interessante que as nomenclaturas são bem similares, Espresso, Americano, Coffee. Acredito que seja pela origem que o café teve e a forma como se espalhou pelo mundo, vou ver se encontra mais sobre isso aqui no blog.

    Gostaria de me subscrever no blog e acompanhar as atualizações automaticamente, mas não acho essa opção.

    Parabéns pelo trabalho,

  4. kellystein disse:

    Olá Rodrigo, tudo bem?
    Também morei dois anos nos Estados Unidos e sei muito bem o seu drama com o café…rs
    Acho que sua solução foi a mais apropriada, pq é muito complicado convencer os atendentes de que o espresso é bom.

    Infelizmente não consigo te ajudar encontrar a marca 3corações no exterior, mas talvez o SAC da empresa te oriente melhor – http://www.3coracoes.com.br/relacionamento/

    Sobre a nomenclatura, pelas conversas que tive enquanto produzia o post, posso afirmar que a cultura (o jeito em que o café é tomado em cada país) determina os nomes. Um exemplo claro disso é o nosso carioca, que em outros lugares é conhecido como café americano.

    Obrigada por passar e mexer as ideias conosco!

  5. Boa noite! Me desculpe, mas o meu comentário é que o tema é legal, porém o post não é tão didático como disseram. Faltou mais detalhes, visando deixar mais claro para as pessoas leigas como preparar cada tipo, adequadamente. Por exemplo, o que se quer informar com "o néctar do café está nos primeiros 30mls" em um café servido em um recipiente de 50ml? Entende que para um leigo no assunto, por maior que seja o seu nível de erudição, isto é vago? A intenção aqui é contribuir e de forma alguma desconsiderar a boa intenção de ensinar. Um grande abraço.

    • kellystein disse:

      Olá Hercules, tudo bem?
      Um dos objetivos do Mexido de Ideias é trocar informações e experiências, por isso, não se desculpe ao fazer sugestões. Este espaço é para isso mesmo!
      Seguem algumas considerações sobre seu comentário:

      Preparo de cada tipo de bebida – o objetivo deste post era ilustrar as diferenças entre uma bebida e outra. Em um futuro breve, podemos fazer um post que descreva em detalhes como fazer cada cafezinho citado acima.

      Termo néctar – usamos este termo, pois acreditávamos que todos entenderiam. Pelo que notamos, isso não ficou muito claro. Daí a importância de esclarecer:
      Os primeiros 30mls do café concentram todos os aspectos positivos da bebida. Esta quantidade é ideal para reunir todos os óleos essenciais, sabores e características sensoriais positivas do café.

      Esperamos ter esclarecido!
      Abraços!

  6. Nós do Café Sophie adoramos!!!é sempre muito bacana saber que há pessoas como você interessadas em colaborar para a divulgação do nosso querido café!!

    • kellystein disse:

      Olá André!! Um assunto tão complexo e vasto como o mundo do café merece uma atenção especial sempre!
      Agradeço a visita e o comentário 😉
      Abraços,
      Kelly

  7. Jessica disse:

    Seria legal se a receita desses cafés estivessem junto com a explicação deles…

  8. roseneide disse:

    obrigado por essas dicas

  9. ricardo braga disse:

    Muito bom seus trabalho goste.parabens!!!

  10. Quezia disse:

    Wow… Amei!!
    Muito interessante! Foi de muita ajuda!!^^

  11. Quezia disse:

    Wow… Amei!!
    Muito interessante! Foi de muita ajuda!!^^

  12. Raquel disse:

    Amei esse post, ficou maravilhoso! Publiquei na fanpage de nosso Café (Café São Benedito).
    Raquel

  13. Antonia disse:

    Boa tarde eu quero saber como é o café diurético,se seve pra quem tem problema,labirititi. Responda: eu aguardo.

  14. Jorge disse:

    Kelly, parabéns pelo trabalho. Só gostaria de fazer uma observação: percebi que na referência do café brasileiro que é muito parecido com o americano consta "Apresenta 40 a 50 ml (xícara cheia). Ele é servido com mais café, pois a cultura brasileira está habituada com quantidade e não qualidade." e na referência do americano "café diluído em água quente, podendo apresentar 50ml ou mais. Recebeu este nome, pois o consumidor norte-americano gosta de tomar bastante café, mas com sabor menos acentuado.". Acho que ficou um pouco com a síndrome do "cachorro vira-lata". No mais gostei muito.

    • Mexido de Ideias disse:

      Olá Jorge, como vai?
      Obrigado pelo comentário e pelas sugestões.
      Vamos alterar as informações.
      Até a próxima,
      Equipe Mexido de Ideias.

  15. Silvia Magalhães disse:

    Amei….Parabéns!!
    Super didático…

    Bjs

  16. Daniel Pastorelli disse:

    O líquido de café com tom avermelhado, é sinônimo de alta qualidade do grão?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *