Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso site. Você pode saber mais sobre isso em nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

CONTINUAR E FECHAR
Oferecido por

A importância da pré-infusão

O termo correto para este processo é pré-infusão e é importante para que o café seja extraído de forma uniforme.

A famosa “molhadinha no pó de café” antes de passar toda a água quente é uma dica que vem da minha adolescência, dos conselhos da minha vó Nair, e que eu nunca dei muita atenção. Não dei crédito durante anos de preparo de cafezinhos, até assistir algumas aulas ministradas por especialistas no assunto e aprender que este passo aumenta as chances de seu cafezinho sair gostoso. Vi que a velhinha tinha razão!

O termo correto para este processo é pré-infusão e é importante para que o café seja extraído de forma uniforme. Para fazer é simples! Basta colocar um pouquinho de água quente no pó de café que está no coador até que ele fique úmido e aguarde alguns segundos. Depois deste processo, complete com a água quente, que deve ser adicionada em movimentos circulares e em pouca quantidade. Assim, a água entra em contato com todo o pó. Fazendo isso, evita-se também a formação de pequenas bolinhas de pó de café (que ficam secas por dentro) e que atrapalham a extração do café. Quem explica muito bem este processo é o especialista Ensei Neto neste artigo. Agora, fazer a pré-infusão entrou no ritual do preparo do meu café.

Parece preciosismo, cuidado demasiado ou frescura? Tire suas próprias conclusões e faça o teste em sua casa!

Harmonização com Café

Floresta Amazônica

Harmonização com Café

Cocada Cremosa

Receitas

Mousse de Café

17 respostas para “A importância da pré-infusão”

  1. Luiz Felipe disse:

    Na verdade seria "para que a água entre em contato com todo o pó", hehe

  2. ricardo disse:

    Não entendi a foto, a esquerda é com pré-infusão e a da esquerda é sem usar a pré-infusão?

    • kellystein disse:

      Olá Ricardo!
      Não tive a intenção de ilustrar o momento com ou sem pré-infusão.
      As imagens acima ilustram o processo inicial do café coado (foto da esquerda) e quando o café já foi coado (foto da direita).
      Espero ter esclarecido 😉
      Abraços!

  3. James Newman disse:

    Adoro ler essas dicas. Sou Americano que ja vivi muitos anos no Brasil e agora moro nos Estados Unidos. Mas ha costumes que nao abro a mao. E COAR o meu cafe' e' una delas. Ate' um coador super antigo comprei numa feira de antiguidades e troce embora comigo. Sirvo o cafe' e o povo aqui DELIIRRAAA… A unica pena e' que nao estao trazendo mais o Cafe' Tres Coracoes que e' meu favorito. Ja procurei em todos as lojas Brasileiras daqui do sul da Florida. Ate' com o importador Triumfo.. E diseram que nao vem mas… tristeza… Alguem tem uma dica para onde posso comprar o Cafe Tres Coracoes aqui nos Estados Unidos…

    • João Silva disse:

      É questão de gosto mais tem café brasileiro igual ou tão parecido ao 3 corações como: os embalados a vácuo, Melita, Pilão, Santa Clara, etc… Se você não encontrar um desses por ai compre um café brasileiro embalado a vácuo de outra marca que com certeza será de excelente qualidade.
      Abraços.
      João de Deus.

      • Cassio Raposa disse:

        Verdade, a linha da Melitta possui excelêntes cafés. Pessoalmente, tenho preferência pela linha tradicional que conta com algumas variantes, das quais a "especial" é um café sem comparações. Infelizmente não é dos mais fáceis de se encontrar (imagino então nos Estados Unidos), porém, se tiver oportunidade de comprar, experimente!
        Abraços

    • Margarida Prado disse:

      oi, James Newman!

      Se você quiser eu posso mandar para você via correios… será que passa?
      Se quiser entre em contato que mando mesmo.
      🙂
      Margarida.
      p.s. é o meu café predileto, o 3 corações. Aqui na Bahia sempre tem ele nos mercados, não vivo sem ele.
      meu email: margaridaprado@hotmail.com

  4. Carolina Nogueira disse:

    Jammes, não se apegue a marca , se preocupe em saber qual é o bland e a região da colheita.

  5. Olá James!! Sei que é complicado mudar quando se gosta e se identifica com uma marca. Quando morei em Maryland, tinha facilidade em encontrar Café 3Corações em uma cidade chamada Wheaton.

    Será que você não tem amigos brasileiros em outras cidades dos Estados Unidos que possam te ajudar?

    Boa sorte em sua busca!
    Abraços!

  6. fabvon disse:

    Eu sou amante de espresso, mas também sempre AMEI café de supermercado, e sempre pensava que se tratava das máquinas e que utilizavam algum pó especial. Esses dias fiquei do lado da moça que prepara, e aprendi. Ela põe o pó de café (era Café Favorito, embalagem comum) em um recipiente de alumínio, tipo uma leiteira, e vai vagarosamente colocando aquela água bem quente da máquina, mexendo com uma colher, até virar um líquido bem denso e uniforme. Só após isso é que ela despeja esse líquido no coador, que nessas máquinas de supermercado é de pano. Ela me falou que também dá certo no coador de papel, então, fica a dica!

    • kellystein disse:

      Olá Fabvon!
      Dica anotada!
      Este é mais um jeito de fazer o bom e velho café de todo dia. Particularmente, não sou muito fã desta técnica, mas o importante é que ela funcione e agrade seu paladar. Nós do Mexido de Ideias não acreditamos que exista jeito certo ou errado para fazer e tomar café. Existe o jeito que você gosta/prefere – este é o meio mais recomendado de apreciar esta bebida maravilhosa.

      Agradecemos a visita e te esperamos para um café e uma boa leitura em outros posts.
      Abraços.

  7. Cláudio Cervenka disse:

    Olá, gosto muito das receitas, dicas e informações deste Blog. Adoro café, mas a minha saúde estomacal não permite que eu o tome na intensidade que eu gostaria.
    A pré-infusão para coar o café é muito interessante e tem sua lógica. Vou experimentar na 1ª. oportunidade de prepará-lo. O que vcs podem me falar sobre a temperatura ideal da água para coar o café e qual a forma prática de consegui-la? Abraços Cláudio

    • kellystein disse:

      Olá Claudio, tudo bem?
      A água não pode estar muito quente (pois pode queimar o café), mas também não pode estar morna (pois a água não vai extrair aromas e sabores do grão). Por isso, a dica é tirar a água do fogo quando começar a subir aquelas bolinhas pequenininhas.

      Boa sorte em seus cafés!
      Abraços,
      Kelly

  8. Wander Rocha disse:

    O link do artigo não está funcionando! Agradeceria muito se pudessem corrigir esse pequeno erro, boa noite!

  9. Felipe Machado Cardoso disse:

    Algumas máquinas de expresso domésticas já fazem isso automaticamente, como a minha Delonghi Dedica. Mas na antiga Delonghi EC200 eu fazia isso manualmente, deixava passar um pouco de água, aguardava 2 segundos e passava o resto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *