Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso site. Você pode saber mais sobre isso em nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

CONTINUAR E FECHAR
Oferecido por

Arte do leite no Café Sophie

O Café Sophie, que fica na Tabapuã, recebeu oito baristas de outros estabelecimentos para um desafio de Latte Arte.

Foi realmente um dia de surpresas. Descobri um novo endereço para se tomar um bom café em São Paulo e, de quebra, ainda fui convidada para ser juíza do primeiro campeonato de Latte Arte (Arte do Leite) na cafeteria que abriu em fevereiro deste ano. Esta experiência foi única, pois nunca participei do júri. Fiquei com um pouco de receio, afinal, o trabalho de profissionais sérios é avaliado em um momento, em uma única xícara. Aceitei o convite e adorei!

O Café Sophie, que fica no bairro Itaim Bibi (SP), recebeu oito baristas de outros estabelecimentos para um desafio de Latte Arte. Trata-se de uma competição que visa destacar o melhor desenho feito com leite em uma xícara de café. Se você quer entender um pouco mais sobre Latte Arte, preparamos um vídeo bem bacana sobre o assunto.

Durante o desafio não observei nenhum clima tenso de competição. Pelo contrário, vi um grupo de amigos que amam café reunidos para uma brincadeira saudável. O clima era bem gostoso e dava gosto de ver tanta gente jovem se dedicando, trocando experiências e conhecimentos sobre café. O campeonato é informal e baristas de qualquer cafeteria e nível podem participar.


Baristas no primeiro campeonato de Latte Arte do Café Sophie – mais que uma competição, uma reunião de amigos.

Os competidores podem treinar um pouco na máquina de expresso antes do desafio, pois os equipamentos de extração de café não são os mesmos. Depois do reconhecimento da área, os baristas iniciam a competição. Duplas são separadas para que a disputa comece e o desenho feito na xícara mais bonito vai para a próxima etapa.

A orientação para os juízes de primeira viagem, como eu, era analisar o quanto as cores do desenho eram definidas e verificar a simetria dos mesmos. O nível de dificuldade das formas também vale pontos: a roseta é a mais complicada de se fazer, seguida pela tulipa e coração. Na foto ao lado, o júri.

O grande campeão, que faturou o prêmio de R$ 200, foi o barista do Santo Grão, Warner Oliveira. O segundo lugar ficou para a veterana Bruna Batista do Suplicy. Os demais participantes foram: Gabriel Hovacker (Café Sophie), Fábio Paz (freelancer), Carlos Gourlart (freelancer), Richard Kumagai (Suplicy), Tadeu Trajano (Suplicy) e Priscilla Chien (Suplicy). Para os curiosos de plantão, preparei um álbum de fotos com detalhes da competição em nossa página do facebook.

Este é um programa que indico para quem gosta de café, quer aprender com baristas e ainda gosta de conhecer novas cafeterias. O melhor de tudo é que os espectadores da competição ganham os cappuccinos que são apresentados pelos competidores. Diversão garantida para você e para seu paladar!

Sobre o Café Sophie
Um lugar definitivamente diferente das cafeterias que conheço. O diferencial está no detalhe. Não houve economia na decoração que nos remete ao estilo burlesco. Do lado de fora já se vê cortinas vermelhas majestosas e um lustre luxuoso, que nos remete ao mundo de cabarés. O proprietário André Ferrari pensou em tudo: sofás confortáveis, mesas de tampo espelhado, quadros de drag queens e uma televisão com uma programação pra lá de especial: filmes como o Fantasma da Ópera, músicas e apresentações de divas como Beyoncé e Marilyn Monroe.

Tudo isso preparado com carinho pela figura emblemática de Sophie, personagem que dá nome à cafeteria e acrescenta um toque de mistério ao ambiente. “A Sophie é muito ocupada. Vive viajando”, brinca Ferrari. O café, que é a nossa prioridade aqui no Mexido, é garantido e atestado pela qualidade Coffee Lab. A barista premiada, Isabela Raposeiras, é responsável pela carta de cafés.

Consigo visualizar lá, discussões de política, arte e filosofia, assim como acontecia nos grandes cafés de Paris. É realmente um lugar intrigante que vale uma visita.

Serviço:
R. Tabapuã, 961, Itaim Bibi, São Paulo. Telefone (11)3071-2535.

coffeelover

Qual o melhor café para os dias frios?

Cultura

Guia do Barista: Da origem do café ao espresso perfeito

Mercado

Minas Gerais recebe a Semana Internacional do Café

5.091 respostas para “Arte do leite no Café Sophie”

  1. @IgorSaraiva disse:

    GEnial!!! Adorei a matéria!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *