Oferecido por

Bolo de polenta

Das grandes variedades que os colonizadores europeus levaram para o resto do mundo, o milho foi uma dos mais importantes. Talvez por configurar um “staple food”, ou seja, um ingrediente que por si só é capaz de dar sustento básico a uma população. Por isso, a difusão foi instantânea.

Em poucos anos, os espanhóis difundiram o milho para o norte da África através do Mediterrâneo, e os vênetos (pessoas que moram no norte da Itália) levaram para mais longe no Oriente Médio. Esse bolo delicioso, que pode muito bem ser uma receita para o Natal, era feito pela minha avó veneta. Mas lembro de tê-lo comido também na Sicília, farta em amêndoas e com o limão que leva o nome da região.

Vale experimentar! É delicioso, molhadinho e aguenta bem uns três dias. Para quem não achar ou não quiser fazer a farinha de amêndoas em casa (que eu ensino nesse post) pode substituir por castanha do Pará. Basta colocá-las no processador e bater.

Com esta receita, comece a curtir os preparativos para ceia de Natal!

Ingredientes

  • ¾ de copo de Flocão Dona Clara (ou farinha de milho para polenta)
  • 1 copo de açúcar de confeitar
  • 150 gr de manteiga
  • 2 copos de farinha de amêndoa (ou de castanha do Pará)
  • 1 ½ colher (chá) de fermento seco
  • 3 ovos
  • Raspas de 1 limão siciliano
  • Suco de 2 limões
  • 1 copo de açúcar de confeitar

Modo de Preparo

Misture o flocão e a farinha de amêndoa e reserve.

Bata bem a manteiga e o açúcar na batedeira até branquear.

Coloque os ovos.

Coloque a mistura reservada. Bata até ficar homogêneo.

Acrescente o fermento e as raspas de limão, misturando delicadamente com uma pá de silicone.

Coloque em uma forma untada e coloque no forno, que deve estar pré-aquecido à 180º por aproximadamente 40 minutos.

Misture o açúcar de confeitar e o suco de limão. Leve ao forno médio até formar a calda.

Coloque por cima do bolo ainda quente.

Dicas: Faça as raspas do limão (somente a parte vidrada – parte brilhante da casca) antes de retirar o suco. Faça furinhos no bolo com um garfo antes de colocar a calda.

Receitas

Bolo de frutas cristalizadas

Ocasião

Bolo de sorvete com Café Espresso Supremo TRES

Receitas

Bolo de pote com café solúvel

2 respostas para “Bolo de polenta”

  1. neyara disse:

    Sempre que vejo polenta, lembro de quando viajei para o Rio Grande do Sul, haha.
    Não cheguei a comer, mas o guia ensinava uma musiquinha sobre polenta que grudava na cabeça, haha
    Beijo http://capsuladebanca.blogspot.com.br/

  2. Obrigada por escrever!

    Sugiro que experimente o bolo, aposto que ele vai grudar no paladar, feito a musiquinha, ahah,
    mande a musiquinha para nós, quero conhecer…
    Abraços e escreva sempre =D
    Stela

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *